Glossário Financeiro

O mundo das finanças, de uma forma geral, é recheado de diversos nomes, siglas e tópicos que, às vezes, parecem ser propositadamente feitos para complicar a tua vida e dificultar a compreensão sobre o que realmente significam.

Nesta página encontrarás um resumo de vários termos relacionados com as finanças pessoais que é importante dominar já que, mais cedo ou mais tarde, terás de te confrontar com eles. Caso precises de saber a definição de algum que não esteja nesta lista, envia um email para geral@financasdos90.com e teremos todo o gosto em ajudar.

  • Ação - Título que te define como acionista de uma determinada empresa, ou seja, dono de uma parte do capital dessa mesma entidade.

  • Acumulação de juros ou dividendos - Quando subscreves um produto de acumulação, isto significa que os juros ou dividendos gerados pelo investimento são automaticamente reinvestidos, fazendo assim aumentar o teu capital investido.

  • Alavancagem - Ato de solicitar crédito ou dinheiro emprestado para investir. Isto permite aumentar o potencial e velocidade da rentabilidade mas acarreta riscos acrescidos caso o investimento dê prejuízo.

  • Ativo - Todos os bens que possuis e que são dinheiro ou que podem ser vendidos e convertidos em dinheiro. Os ativos podem ser de cash flow positivo ou negativo.

  • Balanço - Forma gráfica de mostrar os teus ativos e passivos.

  • Capitalização de juros ou dividendos - O mesmo que "acumulação de juros ou dividendos"

  • Capital garantido - Os produtos de capital garantido são aqueles cujo o capital investido é assegurado por uma qualquer entidade, habitualmente o estado. Isto significa que o dinheiro que colocares neste produto será sempre devolvido no final do prazo, mesmo que não recebas nenhum tipo de rentabilidade.

  • Código ISIN (International Securities Identification Number) - Código que identifica, inequivocamente, cada produto ou investimento, permitindo assim uma correta avaliação do mesmo.

  • Distribuição de juros ou dividendos - Ao subscreveres um produto de distribuição, significa que os juros ou dividendos gerados pelo investimento te são pagos diretamente na tua conta à ordem, ficando assim ao teu critério qual o melhor destino para esse valor

  • Demonstração de resultados - Forma gráfica de mostrar os teus rendimentos e os teus gastos.

  • Entidade emitente - A entidade (empresa, estado, banco, entre outros) que cria e disponibiliza determinado produto de investimento ou poupança.

  • Euribor - A taxa Euribor é uma taxa de referência dentro do mercado da zona Euro, calculada como a taxa média dos empréstimos entre bancos dentro da zona Euro.

  • ETF (Exchange-Traded Fund) - Fundo de investimento comercializado em bolsa, e transacionado como se for uma ação. A maioria dos ETF's segue um determinado índice.

  • Fluxo de Caixa (Cash Flow) - Movimentos de dinheiro entre os 4 quadrantes de rendimentos, gastos, ativos e passivos. Este fluxo pode originar um resultado positivo ou negativo.

  • Fluxo de Caixa (Cash Flow) Positivo - Movimentos dos teus ativos que geram dinheiro a teu favor, colocando-o assim na tua conta bancária. Como exemplo podes considerar, os juros ou dividendos dos teus investimentos ou rendas recebidas de investimentos imobiliários.

  • Fluxo de Caixa (Cash Flow) Negativo - Movimentos dos teus ativos que funcionam contra ti, retirando-te dinheiro da tua conta bancária. Considera, por exemplo, a tua habitação própria ou o teu carro de utilização pessoal e particular.

  • Fundo de Investimento - Conjunto de vários ativos ou investimentos agrupados de acordo com a política de investimento do fundo (ações, obrigações ou outros)

  • Gastos Todo o dinheiro que sai da tua conta bancária, independentemente do seu destino, com exceção do valor aplicado em poupanças ou investimentos.

  • Juro / Dividendo - As habituais formas de remuneração do investidor. Os juros são, normalmente, aplicados a produtos de capital garantido (depósitos ou poupanças) enquanto que os dividendos são pagos pelos produtos de capital não garantido (ações ou fundos)

  • Mercado Primário - Ambiente que liga diretamente investidores e entidades emitentes de produtos de investimento ou poupança, permitindo transações entre eles.

  • Mercado Secundário - Ambiente que liga investidores entre eles, permitindo a compra e venda de produtos ou investimentos.

  • Obrigação - Forma de empréstimo a empresas ou estados, através de um produto de investimento que define, à partida, o prazo e condições desse mesmo empréstimo. O investidor recebe o juro (cupão) como retribuição.

  • Património Líquido - A diferença entre ativos e passivos. Se venderes tudo o que tens e pagares tudo o que deves, o resultado é o teu património líquido

  • Passivo - Todas as tuas responsabilidades de crédito, independentemente da origem. Aqui são incluídos os créditos habitação (própria ou investimento), crédito automóvel, entre outros.

  • Rendimento - Entrada de dinheiro na tua conta bancária, independentemente da origem

  • Rendimento ativo - O rendimento que só existe em troca do teu tempo e que deixa de existir se deixares de aplicar esse tempo. Habitualmente, o trabalho regular é o melhor exemplo.

  • Rendimento passivo - O rendimento que não depende do teu tempo aplicado, podendo ser, por isso, ilimitado. Como exemplo podes considerar, os juros ou dividendos dos teus investimentos.

  • Spread - Taxa de juro cobrada pelo banco num empréstimo, acrescida da taxa Euribor. A combinação Euribor + Spread formará a taxa de juro concreta do empréstimo.

  • TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global) - A taxa de juro que irás efetivamente pagar sobre os teus empréstimos, incluindo já todos os custos cobrados pelo banco ou financeira

  • TAN (Taxa Anual Nominal) - A taxa de juro que irás pagar sobre os teus empréstimos, excluindo comissões

  • TANB (Taxa Anual Nominal Bruta) - A taxa de juro que a tua poupança ou investimento rende, antes de impostos ou qualquer outra comissão.

  • TANL (Taxa Anual Nominal Líquida) - A taxa de juro que a tua poupança ou investimento efetivamente rende depois de pago o imposto sobre o lucro (28%) e comissões adicionais.

  • Ticker: Versão simplificada do Código ISIN e que, da mesma forma, identifica, inequivocamente, determinado produto ou investimento.